quinta-feira, junho 30, 2011

Felicidade Pós-parto

Gostaria de compartilhar minha felicidade depois do parto.
As duas coisas q eu temia da gravidez eram as estrias e meu peso. Acho q é só vaidade de mulher. E mesmo q não tivesse sido como foi eu estaria muito feliz com minha princesinha em meus braços, penchendo minhas noites rsrsrs meus dias.! Ela está cada dia mais bochechuda e lindaaaa.!!! ^^

Mas as minhas outras felicidades pós-parto são exatamente tudo q eu temia - estria e peso.
Durante a gravidez eu passei óleo pra não sair estria e passei cremes também, mas não sou muito regrada com isso e vivia esquecendo. No final eu estava tão ansiosa q lembrava somente uma vez por semana. Apesar disso não saiu uma estria.!!!!! NENHUMA ESTRIA


Engordei 11kg. Pesava 49kg e no final da gravidez: 60kg. Na semana q ela nasceu se foram 5kg embora.! e na segunda semana 3kg. SÓ FALTAM 3KG.!!! Não estou com uma barriguinha linda ainda - mas não faz um mês q ela nasceu ainda - mas eu estou muitoooo feliz com meu corpo em 3 semanas.!

Bom, essas são minha felicidades secundárias no momento.!! ^^
(As primárias são: minha filhinha lógico e a melhora na amamentação.!)

Amamentação

Bom, amamentar é algo natural. Mas isso não significa q nascemos prontas pra isso. No começo nada é igual na Tv, q desde o primeiro dia a mãe olha sorrindo para o bebê vendo-o mamar. pelo contrário, se a pega não é certa dói, e mesmo se for certinha e você não tiver bico... dói também.! Machuca.!! Mas nada q não vai curar e q aquele momento mágico e lindo nunca vai chegar. Lógico q chega. Só não dá pra na primeira semana as coisas acontecerem maravilhosamente como se você fizesse todas essas coisas de mãe por toda a vida, como se tivesse uma vasta experiência.
Ainda estou na minha 3ª semana exercendo a função de Mãe. Mas nessa semana as coisas já estão beeem mais fáceis q na primeira semana. Meus seios ficaram rachados e enquanto minha filha se alimentava eu chorava. Vou especificar os acontecimentos e melhoras dessas 3 semanas.

1ª Semana:
Descobri q meus seios não estavam completamente preparados. Eu não tinha bico e a pele ainda era muito sensível.  Nos dois primeiros dias tudo foi emocionante, até o momento q começou a machucar. Mas como tava só um pouco machucado nem liguei. No terceiro dia eu fui pra casa e meu desespero começou.!
Em casa tudo é um pouco mais difícil. Só não foi pior porque meu leite já tinha descido logo de manhã. Mas em casa as coisas são por sua conta, mesmo com ajuda só em casa você percebe a dimensão da responsabilidade. E com os seios machucados, dor pra andar, sentar, levantar.... os hormônios q despencaram.... Nem sempre você se sente bem, as vezes vem uma sensação de q você nunca vai conseguir  acalmar a bebê e então a sua mãe consegue, assim, eu me sentia meio triste por isso. Afinal, era minha obrigação cuidar dela. Mas a gente não nasce com experiência e minha mãe teve dois filhos, então, ela tem experiência. E eu não tinha nenhuma.
Só de pensar em amamentar me dava vontade de chorar. E quando a bebê começava a chorar eu me desesperava. Já quando ela parava de chorar  porque tava mamando eu começava a chorar de dor.! Estavam muito machucados a ponto de eu não querer amamentar. Então fiquei um dia inteiro se amamentar e passando muuuuuitaaaa pomada para curar. Mas a bebê tinha q se alimentar e pra isso estávamos ordenhando - isso mesmo, igual faz com vaca rsrsrsrsrs - o leite e dando de colher pra ela.!

2ª Semana:
Meus seios melhoraram significativamente. Mas ainda doia muitooo quando ela começava a mamar. Não é exagero mas como eu já disse não suporto muita dor era uma dor q eu gritava quando ela pegava mas ia passando. Então estava melhorando. Mas eu ainda não ficava confortável em pensar em amamentar.
Como ainda sentia dor, não era a primeira coisa q eu verificava quando ela chorava. Dava um pouco de agonia. Continuei passando muita pomada pra melhorar logo e o momento cena de novela chegar.

3ª Semana:
Nossa, sem comparação.!! Meus seios já melhoraram muito, nem se compara com a primeira semana q foi horrível. As vezes parece q tá queimando, como se tivesse meio assado. Mas acho q é normal, já q ela fica vários minutos sugando. Continuo passando a pomada q o GO receitou junto com a q minha mãe comprou pra ajudar. Vou passar, pelo menos, até  completar um mês ou até a pomada acabar. Depois não sei se ainda será necessário. Mas as pomadas são ótimas, valeram a pena. Em duas semanas fizeram milagre.!!! rsrs

Pomadas: Millar - GO
           Massê Amamentação - minha mãe

bEjÔss

segunda-feira, junho 20, 2011

Relato do Parto

Bom, vou contar oq eu me lembro... hehe

No dia 11/06 eu percebi q minha barriga estava diferente. Não estava mais tããoo pra cima. Então deixei o casal de amigos nossos (q ficaram de me levar pro hospital) meio avisados q qualquer coisa eu ligava. Como no outro dia era Dia dos namorados eu e o Dan íamos pedir esfiha aberta e torta holandesa pra comemorar os presentes já tínhamos trocado, mas O presente ainda estava por vir no outro dia, no domingo. Mas quando chegou a noite a gente não aguentou esperar e resolvemos q íamos comemorar antes mesmo.! Comemos assistindo "Sempre ao seu lado" na globo, chorei um mooonte.!

Calma aí, vou alimentar minha filha, já termino de contar....
Depois de 10 min, voltei.!!

Entããoo, aí a gente dormiu. Acordei às 5 e pouco com umas dores. Era mais ou menos assim: vinha uma cólica fooorte q durava uns segundos e passava, depois de uns 10 min vinha outra. Era bem parecida com cólica menstrual beeeeem forte, cada uma a mais q vinha era mais forte ainda.
Acordei o Dan e avisei q tava sentido umas dores com intervalos meio regulares. Ele ouviu mas voltou a dormir dizendo q qualquer coisa era pra acordá-lo. Quando eram 6 horas acordei minha sogra e perguntei pra ela se ela lembrava como eram as dores das contrações e ela falou q era igual eu estava sentindo. Liguei pra minha mãe (q tá em outra cidade) pra deixar ela avisada de q a netinha poderia nascer naquele dia. Esperei os intervalos das contrações ficarem regulares - de 5 em 5 min -  e, 7 horas, liguei pra acordar o GO. Ele disse pra não ficar desesperada, tomar um banho e ir pro hospital q ele ia me encontrar lá pra me examinar. Liguei pro casal de amigo nosso - ahh, o Dan já tinha acordado e ficado comigo e tomado banho - e eles ficaram a postos pra nos levar até o hospital.
Às 7:40 o GO me ligou perguntando se eu estava a caminho do hospital q ele estava saindo de casa. Saímos e as contrações estavam mais doloridas ainda. Quando passávamos em um buraco eu achava q a bebê ia nascer ali.! hihihi Cheguei praticamente junto com o GO, me examinou e disse: "É agora.! Assim q limparem a sala de cirurgia a gente entra". Aiaiai, o Dan avisou minha mãe e ela foi se arrumar pra vir ficar com a gente. Liguei pro meu irmão e falei pra ele avisar meu pai. O resto da família foi sabendo aos poucos. Minha esperança de ter PN tinha se acabado, bacia muito estreita, quase nada de dilatação - palavras do GO. =( Chorei pro Dan porque eu não queria cesárea, mas tudo bem. Perto das 10 horas as contrações estavam quase insuportáveis, saia até lágrima dos meus olhos sou meio fraca pra dor.
Fui pra sala de cirurgia e todos foram mtoooo legais e atenciosos comigo. Logo começou a formirgar minhas pernas e eu já não sentia dor, só sentia os médicos mexendo em mim. Me deu um medo, não sei de quê exatamente. Mas logo passou quando vi minha pequena roxinhaa olhando pra mim, tããoo linda.! Chorei um monte.!!!!!! Ela também quando começaram a aspirar o nariz e a boca dela, colocaram ela do meu lado e eu dei um beijinho nela antes de ela sair pra limparem ela. Tudo q teve de rapidez pra tirá-la teve de demora pra me fecharem. ela nasceu um pouco antes das 11 horas eu só fiquei fechada às 12:30.
Bom, como eu estava sob anestesia, tudo ficou meio apagado nesse dia. Mas a felicidade de ver minha filhinha linda ali comigo e amamentá-la... Nossa.! Isso eu NUNCA vou me esquecer.!
Meu parto foi assim. Depois falo sobre a 1ª semana de amamentação e as dificuldade q passei.
bEjÔss

Emily nasceu.!!

Genteeee,
desculpa não ter avisado no dia q ela nasceu - Dia dos Namorados =D - mas eu achava q ia ter tempo de pensar em avisar alguém... que nada.! fiquei tããoo avoada. e agora tudo q se passa pela minha cabeça é em relação a ela. não consigo começar e terminar uma conversa sem mencioná-la pelo menos uma vez.! hihi
graças a minha mãe - q, na minha opinião, me salvou de entrar numa deprê pós-parto - estamos nos adaptando mtooo bem a situação. mamãe, papai e bebê estão conseguindo fazer de tudo um pouco. as vezes o papai tem q dar a comida na boca pra mamãe q está alimentando a bebê... é um ciclo.! ^^
os primeiros dias foram horríveis difíceis. todas as alterações q acontecem de um dia pro outro. é complicado se acostumar. mas, pra uma semana somente, acho q estou indo mto bem. quer dizer, estamos - eu e o papai. à noite, ela está acordando de 3 em 3 horas quase certinho, as vezes chega a 4 horas de sono seguidas.!! =O daí a mamãe acorda morrendo de vontade de fazer xixi e a bebê quase sempre está sujinha, então entra a vez do papai. o papai troca a bebê esquanto a mamãe faz xixi e, logo depois, a mamãe amamenta a bebê.
falando em amamentar. apesar de ser algo natural, pode ser meio sofrido pra mãe no começo. depois conto em detalhes minha experiência e a experiência horrível da minha mamãe.!
deixo agora algumas fotinhos da minha princesa pra vocês babarem... hihi
Mamãe e princesinha.!

Papai e bebê delicinha.!!

Vovó e bebê lindaa.!

Emily saindo da maternidade.!

quinta-feira, junho 02, 2011

Nunca se esquece:

  • 1º beijo
  • 1ª vez...
  • 1ª nota vermelha
  • 1º salário
  • dia do casamento
  • nascimento dos filhos
  • cirurgia de amigdala
  • bronca da mãe por ter chegada muito tarde
  • 1ª bebedeira
  • melhores amigos
  • casas q morou
  • 1º encontro com a pessoa amada
  • as músicas q ouvia com seus pais
  • as férias q tudo deu errado
  • o mar e a areia da praia
  • a comida das avós
  • os natais de quando era pequeno
  • as conversas por msn com aquele amigo q só fala m****
  • churrascos q foi jogado na piscina
  • formatura
  • viagem com os amigos
  • lugares q quase ficou congelado (mala imprópria para a estação)
  • aquele professor mala q perseguia
  • aquele professor q sabia dar aula e sabia dar conselhos
  • aquela pessoa q te ajudou e q vc não esperava
  • trabalho de conclusão de curso

Dormir pra quê?

Gente, como anda difícil dormir uma noite inteira de sono profundo. Já ouvi dizer q é uma preparação do organismo pra gente num se "desconectar" completamente do recém-nascido e tal.
Mas além do sono levíssimo tem a tal da azia que depois de uma determinada hora da noite não te deixa dormir. Fica tudo dentro de você queimando, pegando fogo e, as vezes, dá até uma ânsia de vômito.
E fora isso ainda tem a ansiedade da bebê nascer, a incerteza de quais são os sinais de trabalho de parto, etc.
Ou seja, se você quer aproveitar as últimas semanas para descansar, dormir bastante - afinal, não sei ao certo quantas horas seguidas consegue-se dormir nas primeiras semanas - desista.!!!!!
Dormir.?! "Isso não te pertence mais!" hihihihi
Mas tá no final já... E isso nem importa tantoo no final. O importante é saber q o peso dela tá bom, q ela virada e, pelas minhas dores embaixo da barriga, acho q ela tah encaixando. Agora é torcer pra q dê tudo certo e esperar o nascimento dela, o momento mais memorável da minha vida e da vida do pai dela e das pessoas da nossa família.!